FALE CONOSCO

Entre em contato com a JK Capital. Ligue-nos ou preencha o formulário abaixo.

Av. Nove de Julho, 4939 - 1º Andar - Conj. 14A São Paulo - SP - BraSil - 01407-100

contato@jkcapital.com.br

+55 11 5184-6970

TRABALHE CONOSCO

Valorize o seu conhecimento e experiência profissional. Faça parte da nossa equipe!

ENVIE SEU CV

Sócios da JK Capital dão entrevista para a revista Capital Aberto

1/5/2015

Vistas no futuro

 

 

Número de M&As deve bater novo recorde em 2015. Boas oportunidades podem ser encontradas nos setores de saúde, educação e tecnologia
Por Camila Miori

 

O mercado de fusões e aquisições (M&A) parece olhar a crise pelo retrovisor. Até mesmo um dos maiores escândalos de corrupção do País tem servido de fermento para essas transações (leia mais na p. 14).

 

Segundo a PwC, o número de M&As no Brasil em 2015 deve cravar nova marca histórica, com crescimento de 10% a 15% sobre o recorde do ano passado, de 879 operações.

(…)

 

Além disso, a revisão para baixo das perspectivas de crescimento do PIB e da rentabilidade das empresas tem reduzido o o valor dos ativos à venda. Isso aconteceu em praticamente todos os setores, especialmente naqueles mais expostos a commodities e às fraudes investigadas pela operação Lava Jato. Diante do cenário de possíveis barganhas, a análise criteriosa dos ativos torna-se imperativa. “O mais importante agora é distinguir o que é fundamento do que é circunstância”, avalia Daniel Damiani, sócio da JK Capital.

 

(…)

 

Boa parte dos hospitais brasileiros enfrenta problemas. Para serem eficientes, precisam ter um porte mínimo, possuir número elevado de leitos e trabalhar com atividades médicas de grande complexidade. Essa, contudo, não é a realidade da maioria —aí entra o investimento estrangeiro, que pode dar fôlego para os hospitais profissionalizarem a gestão e investirem em áreas que os tornem mais rentáveis. “Há diversos grupos querendo entrar no Brasil. Devemos ver nos próximos dois anos um grande número de operações nesse setor”, prevê Luís Martins, sócio da JK Capital, que tem três mandatos de venda nesse ramo.

 

(…)

 

No campo das operadoras de planos de saúde, as oportunidades para M&A também são vastas. O maior desafio delas é a pressão de custos. Essa situação decorre do aumento da expectativa de vida da população e do avanço da medicina, que permite diagnósticos mais precisos.

 

Deve-se, ainda, à postura da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) de incrementar, cada vez mais, a lista de procedimentos que os planos são obrigados a oferecer. Os gastos crescentes, entretanto, só podem ser repassados de forma limitada aos pacientes, por indicação da própria ANS. “Quem antes fazia um raio X para detectar um problema hoje realiza também uma ressonância, uma tomografia. Há 15 anos, a realidade era diferente”, recorda Martins, da JK.

 

Apesar desses desafios, o potencial de crescimento dos planos de saúde no Brasil é inegável. Num país com 200 milhões de habitantes, 50 milhões são beneficiários de planos privados de assistência médica, apontam dados da ANS.

 

(…)

 

A JK Capital tem seis mandatos de venda de ativos de ensino superior e um de compra. Sem revelar nomes, seus sócios dizem que todos os bens à venda são instituições com pelo menos 4 mil alunos e tíquete médio da mensalidade acima de R$ 700 mensais. “Os negócios tendem a ser mais estratégicos, visando o alcance de um posicionamento robusto”, analisa Damiani. 

 

A empresa assessorou a venda da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), fundada em 2003 em Caxias do Sul e frequentada por mais de 10 mil alunos, para o fundo de private equity Advent International, que entre 2009 e 2013 foi sócio da Kroton. A transação, concretizada em março, marcou a volta da gestora ao segmento de educação.

 

Há também oportunidades de nicho, como o de educação premium. Ele é formado por empresas com marcas consolidadas em suas regiões de atuação e mensalidade acima da média regional. “Esse setor tem margem Ebitda de 25% a 30%. Difícil achar percentuais tão atrativos como esses”, considera Damiani.

 

(…)

 

Como se vê, há opções de investimentos nos mais variados ramos de negócio. “Quem conseguir tirar a cabeça da água vai ver que existem ativos prontos para crescer no momento da retomada econômica”, afirma Damiani, da JK Capital. A temporada, pelo visto, tem tudo para registrar um novo recorde no número de transações de M&A.

 

Link para o artigo na integra:

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square